Imprima essa Página Mídia Mundo

segunda-feira, 16 de outubro de 2017

Jornalismo chapa-branca na Venezuela


O presidente Maduro abriu os cofres do país para que seus amigos comprassem os meios de comunicação. Assim a TV Globovisión e os jornais El Universal (Caracas, Venezuela) e Últimas Notícias (Caracas, Venezuela) viraram oficialistas.

A resistência, a duros golpes, é El Nacional (Caracas, Venezuela), mas isolado do mundo de anunciantes, que temem a presidências.

Pois é fácil ver nas capas como os meios impressos reagem à eleição de ontem, para governadores - em meio a todo tipo de fraude. Para entender o que ocorreu, é preciso ler El Nacional.


sexta-feira, 6 de outubro de 2017

Jornal popular, capa de qualidade


A primeira página do Super Notícias (Belo Horizonte, MG) é a demonstração de que mesmo um jornal popular pode ser criativo e elegante.

A tragédia de Minas chocou todo o Brasil. Mesmo o jornal que costuma escancarar a dor.

terça-feira, 3 de outubro de 2017

A melhor capa sobre o massacre de Vegas


Não, não foi publicada nos Estados Unidos a melhor primeira página sobre a tragédia de Las Vegas. Talvez ainda aturdidos com a desgraça, os americanos foram extremamente conservadores.

A grande capa, que diz tudo com muito pouco, é do Libération (Paris, França). Absolutamente genial.

Com o perdão do trocadilho pela imagem, de tirar o chapéu.

segunda-feira, 2 de outubro de 2017

Espanha dividida


À esquerda, jornais de Madri que condenam o plebiscito.

À direita, a imprensa da Catalunha, que se revolta com a violência e comemora a vitória.

A divisão espanhola já está nos jornais. E ainda há quem diga que a Espanha está unida. Francamente.



domingo, 1 de outubro de 2017

Defesa de posição na Espanha


O Sim e o Não têm adeptos bem claros na Espanha. Os jornais não escondem posição frente ao plebiscito de hoje.

El Punt (Barcelona, Espanha) escancara a opção pelo Sim. La Razón (Madri, Espanha) exatamente o contrário.

Jornais podem - e devem - defender posições. Mesmo as mais apaixonadas.

quinta-feira, 28 de setembro de 2017

Reportagem multiplataforma de qualidade


Está no Jornal do Commercio (Recife, PE).

Histórias de ciclistas que sofreram acidentes pedalando. Mortes. Impunidade. O problema urbano visto pelo lado humano.

Ótima aposta editorial do JC. Vale a pena curtir cada detalhe dessa reportagem multiplataforma.

Extra vai demitir goleiro do Flamengo


Extra (Rio de Janeiro, RJ), há alguns dias - depois de falhas em uma partida - anunciou que passaria a chamar o goleiro Alex Muralha, do Flamengo, de Alex Roberto - seu nome.

Ontem o jogador não defendeu nenhum pênalti na final da Copa do Brasil - o que é perfeitamente aceitável a qualquer goleiro. Mas Extra não perdoou.

Difícil será o Flamengo escalar Alex Muralha (ou Roberto) outra vez.