Imprima essa Página Mídia Mundo

quinta-feira, 22 de junho de 2017

Bom exemplo de branded content


Uma das formas de recuperar o dinheiro perdido pela queda de publicidade e de circulação paga é o branded content, ou o conteúdo patrocinado.

É preciso ter critérios, não permitir que o conteúdo pago desacredite o jornalismo sério das empresas. Por isso, todo cuidado é pouco.

No caso de A Tarde (Salvador, BA), empresa que vai mal das pernas, o caso do conteúdo patrocinado funcionou bem. A edição na fonte especial, para comemorar o São João - paga pelo governo do Estado - está bem cuidada e não ultrapassa os limites da decência.

Isso é permitido.

segunda-feira, 19 de junho de 2017

Portugal chora os mortos pelo fogo



Dia triste em Portugal, depois da tragédia que deixou 62 mortos.

Capas tristes e criativas do Diário de Notícias (Lisboa, Portugal), i (Lisboa, Portugal), É Notícia (Lisboa, Portugal), A Bola (Lisboa, Portugal), Jornal de Notícias (Porto, Portugal) e Público (Lisboa, Portugal).



sexta-feira, 16 de junho de 2017

Cheiro de falta de assunto. Ou de jabá


Essa aconteceu ontem (quinta, feriado), mas é tão inacreditável que ainda vale hoje.

A página digital de Zero Hora (Porto Alegre, RS) publicou na tarde de ontem a seguinte manchete: Churrascaria de Moscou será QG de torcida brasileira.

1. É o assunto mais importante do dia?
2. A empresa tem bola de cristal?
3. Alguém enxerga relevância no assunto?

Verdade que a RBS tem um enviado a Moscou - que provavelmente foi almoçar na tal churrascaria. Pelo código de ética da empresa, deve ter pago a conta.

Mas fica difícil entender como um assunto tão fora de questão vire manchete do site. 

sábado, 10 de junho de 2017

O banner definitivo


Mídia Mundo vem mudando de cara a cada ano, revelando designers do Brasil e do Exterior que interpretam o espírito do site em banners.

Os melhores artistas gráficos da mídia passaram por aqui - obrigado a todos!

A partir de hoje, Mídia Mundo ganha uma cara mais duradoura. O trabalho do espanhol Antonio Martin é a nova identidade do MM, que agora além do site é também consultoria, implementação e treinamento.

Por trás da marca Mídia Mundo estão alguns dos melhores profissionais da indústria das comunicações, da redação ao desenho, do negócio às estratégias.

Vida longa ao Mídia Mundo, vida longa ao bom jornalismo.

sexta-feira, 9 de junho de 2017

Mais uma vez o NYTimes


O The New York Times (Nova York, NY), mais uma vez, ensina que jornalismo tem regras, mas não tem dogmas.

Na capa de hoje um enorme destaque para as frases do depoimento de James Comey.

Não importa a grande foto - como quase todos, não importa o título bombástico - como outros. O relevante na fala de Comey são suas afirmações. Por isso é o que primeiro se vê. Grande e limpo. Sem firulas.

O diário americano mostra que cada vez mais o importante é ser claro naquilo que se quer dizer. 

segunda-feira, 5 de junho de 2017

#semnotícias


A campanha do Newseum - o museu das notícias de Washington (DC) - é forte. No lugar das mais de 900 capas do mundo inteiro que habitualmente ocupam muitas páginas do site, uma única imagem.

É a lembrança dos mortos no exercício da profissão e o risco de termos um país sem notícias.

terça-feira, 30 de maio de 2017

Duas boas capas no interior paulista


OK, são tragédias. Mas os jornais locais souberam trabalhar bem.

Comércio da Franca (Franca, SP) destacou o no sense de um homem ter atirado seu carro barranco abaixo para morrer, mas saiu vivo. Enquanto outros que nada tinham a ver com isso morreram no acidente.

A Cidade (Araraquara, SP), soube dar uma nova roupagem ao acidente que matou quatro.

Opinião Midiamundo: Apesar do ótimo trabalho, sempre há como melhorar. Comércio da Franca tinha a chance de relacionar os dois personagens (o vivo e o morto) por um detalhe curioso: os dois chamam-se Wesley. Isso rende matéria. Já A Cidade precisa resolver um problema gráfico que está prejudicando suas capas: a aplicação do logo em fundo azul. Se hoje AC tivesse aplicado cobre o preto da capa, esquecendo a cor básica, o impacto seria outro.