Imprima essa Página Mídia Mundo

segunda-feira, 19 de outubro de 2020

A neutralidade burra

 



Os jornais impressos gaúchos estão se esforçando para espantar os poucos leitores que ainda restam.

A edição por piloto-automático vai acabar por encerrar as edições - ou, pelo menos, tirar completamente a importância da primeira página.

Sempre que há campeonato de futebol, diz uma regra arcaica do Sul, é preciso dar o mesmo peso a Grêmio e a Internacional na capa. Quem foi o "gênio" que implementou tal lei é uma incógnita - possivelmente não trabalha mais em jornalismo, foi vencido pelo tempo.

Acontece que cada equipe é uma equipe. Que a importância de cada partida é diferente. Que a posição no campeonato é outra. E, mais ainda, que o dia de realização de cada jogo é também algo que deveria dar dois pesos diferentes às equipes.

O Grêmio jogou sábado. Empatou com o São Paulo na capital paulista. E está no meio da tabela. Assunto velho, que se esgotou na noite de sábado ou no início da manhã de domingo.

O Internacional jogou ontem, no fim da tarde. Venceu o Vasco da Gama e assumiu a liderança do Campeonato Brasileiro.

Ou seja, a grandeza dos jogos, o momento de realização e as consequências não são comparáveis. Jornalisticamente o Internacional é sensação, é notícia da segunda-feira. O Grêmio, uma breve.

Mas hoje três jornais gaúchos trazem rigorosamente a mesma estratégia editorial no que se refere ao futebol. E erram juntos.

Zero Hora (Porto Alegre, RS) divide a capa em espaços iguais para as partidas de Grêmio e de Internacional. Correio do Povo (Porto Alegre, RS) copia a ideia infeliz e faz o mesmo. Diário Gaúcho (Porto Alegre, RS) é outro que erra também pelo mesmo motivo.

É lamentável. Uma prova de que falta inteligência criativa por trás dos impressos gaúchos. E, dessa forma, o futuro não é nada promissor.

sexta-feira, 16 de outubro de 2020

Nada mais relevante do que vidas


Não tem guerra de insultos entre os candidato à presidência, não tem fofocas políticas na primeira página. Para o The New York Times (Nova York, NY) nada é mais importante que a terceira onda de Covid.

Mais um ponto para o melhor jornal do mundo.

quinta-feira, 15 de outubro de 2020

Redes sociais dão sinais de decência


Facebook e Twitter resolveram limitar o compartilhamento de uma história com toda a cara de "fake". Ou seja, em tempo real duas das maiores redes sociais do planeta tomaram uma ousada decisão para impedir que uma potencial mentira vire verdade a poucos dias das eleições americanas.

O jornal New York Post (Nova York, NY), alinhado com a candidatura Trump e com a rede Fox News, publica hoje uma suposta "bomba": as relações do filho do candidato de oposição Joe Bines, Hunter Biden, com uma companhia energética ucraniana - acusada de corrupção.

A matéria, jornalisticamente, está mal construída: faltam fontes, sobram especulações. Na dúvida, as redes conseguiram limitar o alcance de seu conteúdo.

quarta-feira, 14 de outubro de 2020

Jornalismo de qualidade, talento e credibilidade

 

Em tempos de baixa credibilidade em conteúdos jornalísticos, acerta em cheio El Tiempo (Bogotá, Colômbia) ao valorizar a seriedade de suas apurações nas vozes dos protagonistas: os jornalistas.

Jornalismo de qualidade, talento e credibilidade, diz o slogan. Lindas histórias de produtores de conteúdo sério, que fazem de El Tiempo a publicação de referência da Colômbia.

Um caso para ser copiado. Pelos melhores.

PS: tenho enorme orgulho de ter coordenado treinamentos em jornalismo digital para a equipe de El Tiempo, em Bogotá. O resultado não poderia ter sido melhor

segunda-feira, 12 de outubro de 2020

Dia das Crianças lembrado por poucos



Apesar da pandemia e do isolamento social, o 12 de outubro ainda é Dia das Crianças.

Poucos jornais lembraram. Entre as honrosas exceções, o Jornal NH (Novo Hamburgo, RS) e o Estado de Minas (Belo Horizonte, MG).

Boas pautas. Um olhar de futuro e uma visão de presente.

sábado, 10 de outubro de 2020

Planejamento de primeira página


Os jornais líderes de Los Angeles e de Miami se planejaram para publicar uma boa foto de capa so jogo entre Lakers e Heat, que poderia decidir a NBA - campeonato de basquete dos EUA.

Só que a vitória da equipe de Miami adiou a decisão para domingo - e mesmo assim pode não sair campeão.

O Los Angeles Times (Los Angeles, CA) tinha tanta certeza que o Lakers seria campeão que nem pensou em "Plano B". Acabou publicando a derrota em espaço nobre.

O Miami Herald (Miami, FL) apostou certo. E contou com a sorte.

 

domingo, 4 de outubro de 2020

Chega ao fim o primeiro Mídia Mundo Ideias

 

Foram 10 entrevistas, 10 conversas com especialistas em assuntos ligados à prática do jornalismo - e ao negócio das comunicações: 5 brasileiros, 5 estrangeiros.

O resultado do projeto Mídia Mundo ideias é um completo painel, imprescindível para quem está no mercado ou pretende conhecer mais detalhes do que acontece no mundo do jornalismo.

As 10 entrevistas estão em aqui.

A última, com Marc Basté, do Diari de Sabadell (Sabadell, Espanha), foi uma aula de otimismo para quem ainda tem dúvidas sobre a viabilidade do negócio jornalismo - e já está publicada com legendas.

Missão cumprida!

www.cultura.rs.gov.br

www.feevale.br

www.feevaletechpark.com.br

#midiamundo #midiamundoideias #facdigitalrs #culturaessencial #feevale #feevaletechpark