Imprima essa Página Mídia Mundo: Nobel para Obama - O mundo aplaude

sábado, 10 de outubro de 2009

Nobel para Obama - O mundo aplaude

Inglaterra, Espanha, Portugal, Noruega, Holanda, Alemanha, Dinamarca, Canadá, Bélgica e Áustria.
Não há quem resista ao Nobel de Obama.







Um comentário:

  1. Nobel infame

    O Nobel da Paz para Barack Obama é uma brincadeira de mau gosto. Nada muito destoante dos condecorados anteriores, com a diferença de que o estadunidense nem precisou fingir que trabalhava para “fortalecer a diplomacia internacional e cooperação entre os povos” – primeiro porque não teve tempo e segundo porque não quis.
    Ele é responsável pela sobrevivência de um campo de concentração e duas guerras injustificáveis, espalhou bases militares na América Latina e silencia perante um golpe de Estado a poucas horas de Miami.
    Mas o comitê sueco quis enfraquecer o reacionarismo obtuso dos adversários do presidente. Aproveitou o grande marco histórico de sua vitória para lhe estender um salvo-conduto ainda mais duradouro e temerário que o já concedido pela provinciana imprensa mundial.

    Dylan-Lá

    Bob Dylan, descubro estupefato, concorre quase todo ano ao prêmio de literatura. Sua nova indicação, com apoios importantes, anuncia que a homenagem pode voltar a considerar apenas a importância da obra, não contingências político-biográficas. É só o velho bardo resistir mais alguns anos; o churrasco está marcado.

    ResponderExcluir